PT lança drag queen como candidata a deputada federal pelo DF

Foto: Reprodução

Da redação

Sob testemunho da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), a drag queen Ruth Venceremos se filiou à sigla, na última quarta-feira (1º/12), para concorrer no ano que vem a uma das 8 cadeiras da bancada da Câmara dos Deputados pelo Distrito Federal.

Ruth tem origem no Movimento Sem Terra (MST), onde atua desde os 13 anos de idade, e atualmente integra a coordenação nacional de educação da entidade. Ela também é diretora do coletivo artístico Distrito Drag, fundado há quatro anos no Distrito Federal, para difundir a cultura da comunidade LGBTQIA+ e integrar pautas de direitos humanos.

“Minha pré-candidatura tem um sentido simbólico e histórico, de um corpo negro, LGBTQIA+ e drag queen para movimentar as estruturas e transformar o Brasil”, afirmou.

A drag queen brasiliense quer disputar a Câmara Federal para atuar na “defesa da democracia, que tem sido alvo constante de ameaças do projeto bolsonarista”.

Representatividade

A pouca representatividade LGBTQIA+ no Congresso Nacional é outro ponto que estimula a ativista a ingressar na política formal.

“Como pessoa negra e LGBTQIA+, percebo que somos excluídos dos processos de decisão sobre os rumos do Brasil. E isso é uma demonstração dos que, historicamente, mantêm o controle econômico e político do Brasil, que nos querem ver longe do poder para que sigamos relegados à marginalização social”, disse.

Para a deputada federal Erika Kokay (PT-DF), Ruth Venceremos é uma peça fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária por meio da política.

“O PT ficará ainda maior com a chegada dessa artista e ativista, que carrega na trajetória a luta pelo direito de ser, de amar, para que possamos romper com toda forma de discriminação”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui