Investigado na ‘Lava Jato’, Eduardo Braga assumirá campanha de Amazonino Mendes ao segundo turno

Eleições 2020 – O desempenho de Amazonino Mendes (Podemos) nas urnas demonstrou o claro sentimento de desconfiança acerca da sua candidatura, não apenas pelo seu conturbado passado, mas pelas alianças por trás de sua campanha eleitoral, a qual Eduardo Braga (MDB) assumirá a coordenação geral.

Sendo o candidato mais rejeitado nas pesquisas, e nas mídias sociais, a diferença de 2% entre os votos de David Almeida (Avante), no primeiro turno das eleições, são de fato uma ameaça ao candidato de Eduardo Braga e Wilker Barreto (Podemos).

O senador Eduardo Braga é suspeito de receber R$ 1 milhão em pagamentos indevidos da Odebrecht quando era governador do Amazonas, segundo inquérito autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Além de ser, supostamente, mentor de uma rede de destruição de reputações, através de blogs de notícias, pagos com dinheiro público para disseminar notícias fakes.

Com Informações de G1, Estado Politico e Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui