David Almeida responde a ofensas do marqueteiro de Amazonino, que usa método de Trump para sua campanha

Eleições – Vazou na tarde desta quarta-feira um vídeo que registra uma discussão verbal entre Marcos Martineli, marqueteiro de Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante). O áudio do vídeo, peça fundamental do fato, expõe que David de fato chega a um pico de adrenalina, e briga verbalmente com Martinelli. Porém, distorce completamente o contexto original do conflito, portanto, distorce a mensagem que repercute.

O fato aconteceu durante o debate da Tv norte entre os candidatos ao segundo turno das eleições majoritárias, o qual foi sequestrado por Amazonino Mendes, de forma vergonhosa. Como noticiado anteriormente, Amazonino não usou o debate para propor ideias, mas apenas atacar, e acusar David Almeida com a falsas verdade, acusações falsas e eufemismos.

Também, como notou-se ao longo do debate, Almeida tentou a todo custo trazer o foco aos temas sugeridos para debate, o que foi insistentemente negado por Amazonino. A instrução ao ‘Negão’ vinha diretamente de Marcos Martinelli, seu marqueteiro político. E essa instrução era muito clara: Acuse seu opositor mais do que ele é capaz de se defender.

O fato inevitavelmente incomodou muito a David, que durante os intervalos propunha que o debate tivesse algum nível, mas cinicamente era negado por Martinelli, que continuava incentivando Amazonino a atacar o candidato.

No fim do debate, Almeida já estava indignado, assim como a própria estratégia prevê. É um jogo sujo, baixo, e sofisticado.

“Trump this b*tch”

A estratégia de Martinelli não é nova. Trata-se exatamente da mesma estratégia adotada por Steve Bannor, marqueteiro da campanha de Donald Trump à presidência americana, em 2016. Diga-se de passagem, Steve Bannor está preso por fraude eleitoral nesta mesma campanha.

A estratégia consiste em atacar o seu opositor com uma torrente de acusações pouco averiguáveis, destruindo a sua reputação. A estratégia marcou o último debate eleitoral americano, em que Joe Biden foi posto na amarga função de apenas se defender de acusações. Nesse estado, qualquer tentativa de retornar ao tema é visto como uma fuga, logo o candidato fica na defensiva a todo instante.

Amazonino deixou de ir a todos os debates no primeiro turno, e no primeiro debate do segundo turno. Porém na última semana decidiu ir com sua estratégia preparada. O mesmo método também pode ser visto na internet. Impulsionamento de notícias falsas e destruição de reputações, como já foi denunciado anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui