Candidata do PT em Curralinho (PA) é morta a facadas pelo ex-marido

Leila Arruda, de 49 anos, candidata do PT à Prefeitura de Curralinho, no arquipélago de Marajó, no Pará,  foi assassinada a facadas e pauladas na última quinta-feira (19), na residência onde morava, no bairro de Tenoné.

Segundo familiares, o principal suspeito do crime seria o ex-marido da vítima, de quem estava separada há três anos mas sofria com perseguições e ameaças. O corpo da mulher foi encontrado pelo seu irmão, que é ex-prefeito da cidade.

De acordo com o laudo do IML (Instituto Médico Legal) ela foi vítima de 9 facadas, além de pauladas na cabeça.

O suspeito foi preso em uma casa próxima ao local do crime e levado para prestar depoimento.

O partido em que Leila era candidata utilizou as redes sociais para pedir justiça. “O PT Pará ressalta sua indignação por este crime brutal que tirou a vida de mais uma mulher no estado e reitera que é inadmissível que as mulheres sejam reféns da violência provocada pelo machismo enraizado na sociedade”, diz a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui