TBT: Eduardo Braga é acusado de agredir fotógrafo deficiente durante campanha no AM; veja vídeo

O senador Eduardo Braga (MDB), é envolvido em vários escândalos que variam de recebimento de propina à agressão física. Aproveitando o período eleitoral, o Tribuna do Amazonas relembra a polêmica envolvendo Braga, quando nas eleições de 2014 ele foi acusado de agredir um fotógrafo deficiente intelectual durante campanha no município de Maraã, no interior do Amazonas.

Nervoso que às pesquisas eleitorais já apontavam a vitória do ex-governador cassado José Melo, durante carreata de campanha no Alto Solimões, Braga, que concorria ao pleito e estava com os nervos à flor da pele, perdeu a compostura e partiu para cima do fotografo amador Joel Reais da Silva, com a justificativa de que o profissional era espião de Melo.

Na época, pelas redes sociais, Braga comentou que o episódio se tratava de espionagem e perseguição política por parte de seus adversários. O principal adversário de Eduardo Braga era Melo.

O caso foi registrado em vídeo e de acordo com informações de pessoas próximas a Joel, ele tem deficiência intelectual e fotografa por diversão.

“A caravana da coligação ‘Renovação e Experiência’ esteve em visita aos municípios do Alto Solimões, neste fim de semana, e constatou que em todos os municípios havia uma pessoa filmando tudo e, principalmente, todos”, disse o senador.

O fotógrafo, Joel Reis da Silva, registrou o ocorrido junto ao Ministério Público Federal e solicitou ao órgão “proteção de sua vida”.

No vídeo, é possível ver o senador saindo do carro e indo em direção de Joel, dando-lhe uma gravata no pescoço, indagando “a mando de quem” estaria para tirar as fotos. O fotógrafo disse ainda que Eduardo Braga tentou lhe tomar a máquina fotográfica e que, em seguida, foi cercado por auxiliares do senador e pelo deputado federal Sabino Castelo Branco.

Joel, afirmou que, devido aos “puxões”, sua câmera “ficou toda danificada, não servindo mais para nada.

Veja vídeo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui