Hepatites virais, previna-se!

Julho é o mês de luta contra as hepatites virais – infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Na maioria das vezes são infecções silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas.

Existem cinco tipos de hepatites virais: A, B, C, D (Delta) e E.

– Principais formas de contágio

A transmissão das hepatites A e E é fecal-oral, através do contato de fezes com a boca, e também pelo consumo de alimentos e água contaminados.

A transmissão das hepatites B e D acontece em relações sexuais sem preservativo com uma pessoa infectada; da mãe infectada para o filho, durante a gestação e o parto; pelo compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos); pelo compartilhamento de material de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escova de dente, alicate de unha ou outros objetos que furam ou cortam); na confecção de tatuagem e colocação de piercings com material não esterilizado; procedimentos odontológicos ou cirúrgicos que não atendam às normas de biossegurança e por contato próximo de pessoa a pessoa, com cortes e feridas.

A transmissão da hepatite C pode acontecer por contato com sangue contaminado, pelo compartilhamento de agulhas, seringas e outros objetos para uso de drogas. Também na reutilização ou falha de esterilização de equipamentos médicos ou odontológicos; falha de esterilização de equipamentos de manicure e reutilização de material para realização de tatuagem.

– Veja as formas de prevenção

  • Apenas as hepatites A e B podem ser prevenidas com a imunização. As vacinas são gratuitas e estão disponíveis nas 171 salas de vacinação de Manaus.
  • Lavar bem os alimentos que são consumidos crus, não consumir alimentos sem procedência de boa higiene no preparo, beber apenas água mineral, filtrada e ou fervida são as principais formas de prevenção contra os vírus causadores das hepatites A e E.
  • Usar preservativo em todas as relações sexuais, não compartilhar agulhas e seringas, não compartilhar objetos cortantes ou perfurantes são as principais formas de prevenção contra as hepatites B, C e D.

Para saber se uma pessoa possui hepatite basta fazer o teste rápido, ofertado gratuitamente na rede municipal de saúde (confira a lista das unidades com o serviço em semsa.manaus.am.gov.br/teste-brapido-ists). Após o teste, os casos positivos são encaminhados para atendimento médico na unidade de referência em Manaus, a Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD), onde o paciente realiza outros exames e, caso necessário, dá início ao tratamento medicamentoso.

O assunto é sério. Não vacile para a hepatite. Faça o teste gratuito nas unidades de saúde.

ESPECIAL PUBLICITÁRIO
Por: Secretaria Municipal de Comunicação
conteúdo de responsabilidade do anunciante

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui