Em entrevista, Governador Wilson Lima lamenta assassinatos em chacina e garante rigor nas investigações

Durante entrevista no programa Manhã de Notícias, da rede Tiradentes,  o Governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), comentou sobre a chacina que vitimou quatro em Manaus. As vítimas foram encontradas em um carro abandonado na rodovia AM-010, na quinta-feira (22). Policiais foram filmados ao abordar o grupo na noite anterior.

Após ser questionado sobre o assunto o chefe executivo estadual, enfatizou o trabalho da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), nas investigações do caso. E caso seja comprovado a partipação dos PM’s nas execuções que sejam punidos. “tais atitudes não representam a Polícia Militar do Amazonas”.

De acordo com o TJAM, o juiz de Direito plantonista das Audiências de Custódia do TJAM, André Luiz Muquy, analisou durante a tarde, o processo sobre os policiais militares investigados na morte das quatro pessoas.

A audiência de custódia, realizada no Fórum de Justiça Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco, Zona Sul de Manaus, foi concluída um pouco antes das 15h deste domingo.

Conforme o juiz plantonista, os 12 policiais tinham sido presos por força de mandados de prisão temporária. Na audiência, o magistrado homologou a prisão de todos, por estar dentro da legalidade.

Ele também determinou a transferência de todos para continuarem presos no Batalhão da Rocam, uma vez que relataram na audiência terem sofrido ameaças de outros internos onde estavam presos anteriormente.

Veja a entrevista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui