É de partir o coração; candidato a vereador é filmado estuprando cadela

Um candidato a vereador do PT foi filmado estuprando uma cadela dentro de casa. O caso aconteceu na última segunda-feira (02), em Caldas Novas, no sul de Goiás, e foi denunciado pelo dono da casa alugada pelo candidato petista, que também é o dono da cadela.

Segundo informação da Polícia Civil, a filha do proprietário do imóvel flagrou o crime e chamou o pai. Ele foi até a quitinete e filmou o estupro. Sandoval Damásio dos Santos, o Sandoval Leão (PT), chegou a ser agredido após o flagra e fugiu da cidade. A polícia está procurando por ele.

“O homem disse que depois que fez o vídeo chegou a gritar com o candidato, agredi-lo, mas a denúncia na polícia foi feita apenas na terça-feira, quando não tinha mais o flagrante. Ouvimos relatos de que ele também foi agredido na quarta-feira devido à repercussão do vídeo e saiu da cidade. Agora, a polícia está a procura dele”, afirmou o delegado da Polícia Civil Gustavo Ferreira.

O presidente do diretório municipal do PT, Ciro Tomé Pereira, informou que Sandoval Leão foi expulso do partido e foi pedido o cancelamento da candidatura dele diante dos fatos. Apesar disso, até as 15h desta quinta-feira (5), no site do Tribunal Superior Eleitoral, o candidato é considerado apto a concorrer às eleições.

O delegado informou que o homem vai responder pelo crime de maus-tratos a animais. A pena pode chegar a cinco anos de prisão. “Fomos até o veterinário para pedir alguns exames que comprovem as lesões e também fizemos uma perícia no local na casa dele. Agora, estamos procurando o candidato”, disse.

O animal foi levado para atendimento em uma clínica veterinária local e passa bem.

O crime causou revolta nas redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui