Ataque na Áustria é assumido pelo Estado Islâmico

Conforme informa o portal Site, da especialista em contraterrorismo Rita Katz, o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado em Viena, na capital austríaca, que deixou ao menos quatro mortos na noite desta segunda-feira (02).

Segundo a publicação, os terroristas afirmaram, no Telegram, que o albanês Abu Dujana al-Albani teria realizado o ataque com armas e facas como um “soldado do califado”.

De acordo com o portal, o suspeito do ataque terrorista é um cidadão austríaco-macedônio do norte chamado Kujtim Fejzulai, que cumpriu pena de prisão na Síria e foi libertado antecipadamente em dezembro.

A agência de propaganda dos jihadistas, a Amaq, divulgou em um outro comunicado uma foto do agressor explicando que ele é o autor da nova ofensiva do grupo.

A polícia da Suíça também anunciou a prisão de mais dois suspeitos de ter ligação com o atentado em Viena.

Com informações da/o ISTOÉ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui