Às véspera de eleição, oportunistas vão às ruas ‘lutar’ pelo povo

Após várias polêmicas envolvendo pesquisas e dados sobre uma possível segunda onda de Covid-19 em Manaus, o governador do estado Wilson Lima, anunciou nesta quinta (24), novo decreto com medidas restritivas para bares, flutuantes, balneários, praias, casas de show, aluguel de sítios, chácaras e casas de eventos.

Em meio a situação de instabilidade, onde as autoridades articulam formas de impulsionar a economia, ao mesmo tempo que tentam administrar a saúde pública, oportunistas aparecem para tirar proveito da situação.

Em período que antecede a campanha política, é comum que pessoas ‘bem-intencionadas’ apareçam para promover manifestações e sugerir soluções para os problemas da cidade. Muitas das vezes, os movimentos mais parecem comícios.

Na tarde da última quinta, em frente à sede do governo, o radialista Tarciso Gutemberg, conhecido como Tatá, liderava uma manifestação contra o novo decreto que determina medidas restritivas para bares, flutuantes, casas de show e outros do mesmo segmento. Concedeu entrevistas, causou tumulto e principalmente criticou o atual governo. Tatá, aparentemente é um militante político, que aproveita a voz para divulgar suas ideias e ideais políticos. Através de seu programa de rádio, e nas redes sociais, Tatá é incisivo, e na maioria das vezes, aborda pautas direcionadas ao vereador Sassá da Construção Civil (PT), que coincidentemente tenta uma reeleição para vereador este ano, na Câmara.

Em suas redes sociais, Tatá, que age semelhante a um ‘cabo eleitoral’ de Sassá, compartilhou imagens da manifestação dos músicos, onde o petista e, defensor da ideologia esquerdista, surgiu como uma proposta de salvação para os manifestantes. O vereador se apresentou como um apoiador da causa e fez promessas para ajudar os músicos e empresários insatisfeitos. Em período de campanha eleitoral, coisas do tipo são comuns.

O que se especula nos bastidores é, que Sassá, tem planos para Tatá ingressar na política nas próximas eleições.

O presidente da Associação de Entretenimento do Amazonas (Asseeam), e DJ Evandro Jr., também parece querer se aproveitar da mesma pauta para chamar a tenção de eleitores. Evandro, tem participado de reuniões e movimentos para falar sobre a reabertura das casas de show e retorno dos eventos em Manaus.

O Dj é candidato a vereador pelo PR e se aliou à Marcelo Ramos. Conhecido pelas festas que promove quase todos os dias na cidade, Evandro também parece se aproveitar da causa. Com as casas de show e bares da cidade fechados por causa do decreto mediante a pandemia do covid-19, Evandro, tem se intitulado responsável pela flexibilização dos horários de funcionamento e o aumento da capacidade de pessoas em bares e restaurantes. O que não se comprova.

Já faz tempo que os comícios foram proibidos, mas o palanque continua armado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui